domingo, 26 de março de 2017

Planos de aula - 2017 Semana: (7.ª) 27 a 31/03/2017 Professor:Elemar Gomes

IACS - Instituto Adventista Cruzeiro do Sul
Endereço: Av. Sebastião Amoretti, 2130-a - Cruzeiro do Sul, Taquara - RS, 95600-000 - Telefone: (51) 3541-6800


ANO: SEXTO - CONTEÚDOS
ESSA SEMANA TEM:
Turma: 61
Disciplina: PORTUGUÊS
AULAS DA SEMANA: Diário
è  (  )Registrar é preciso – Corrigir – p. 40 a 42;
è (  )Subst. E adjetivo – P.43 a 47 – 1 a 10 - PPT;
è (  )Prod. Textual: Gênero: Narrativa de aventura;
è (  )CORRIGIR: Pág. 48 a 53 – 1 a 11.
è (  )Pronomes – Conceitos – pág. 54 – 1 a 9;
è Caixa de Texto: Almanaque (  )Em casa>: Ortografia e acentuação: pág.: 57 a 61 – 1 a 5 e 1 a 3.
( )POWER POINT
(X )XEROX
( )T. DE CASA
( )VÍDEO(S)
( )MÚSICA
( )PROVA
(X)TRABALHO
( X)HORA DA LEITURA
(X)ALMANAQUE
6
PERÍODOS
Objetivo Geral
Desenvolver a competência linguística do educando - ouvir, falar, ler e escrever -  habilitando-o à utilização da língua materna com precisão e fluência, seja através da escrita ou oralmente, em situações subjetivas e/ou objetivas, sob o prisma da referência do valor social  e simbólico da atividade linguística e dos inúmeros discursos, envolvendo, ainda, a interação entre o sujeito e Deus, o sujeito com ele mesmo e o sujeito com o outro.
ANO: SÉTIMO - CONTEÚDOS
ESSA SEMANA TEM:
Turmas:
71,72 e 73
Disciplina: PORTUGUÊS
AULAS DA SEMANA: Poema
è  (  ) Concluir correção: P. 38 – A porta + Interpretação das p. 38 a 40 – 1 a 7;
è  (  )Funcionamento da Língua – P. 40 e 41 + Dicionário – Trazer de casa;
è  (  )Corrigir:  Elementos do Poema – P. 42 a 44 – 1 a 6;
è  (  )Figuras de linguagem: Personificação – p.43 e 44;
è  (  )Ler: Relógio- Correção: p. 46;
è  Caixa de Texto: Almanaque (  )Func. Língua – p. 48 e 49;
è  (  )Em casa: Pág. 50 a 52.
( )POWER POINT
(X)XEROX
( )T. DE CASA
(X)VÍDEO(S)
( )MÚSICA
( )PROVA
( )TRABALHO
( X)HORA DA LEITURA
(X)ALMANAQUE
6
PERÍODOS
Objetivo Geral
Desenvolver a competência linguística do educando - ouvir, falar, ler e escrever -  habilitando-o à utilização da língua materna com precisão e fluência, seja através da escrita ou oralmente, em situações subjetivas e/ou objetivas, sob o prisma da referência do valor social  e simbólico da atividade linguística e dos inúmeros discursos, envolvendo, ainda, a interação entre o sujeito e Deus, o sujeito com ele mesmo e o sujeito com o outro.
ANO: OITAVO - CONTEÚDOS
ESSA SEMANA TEM:
Turma: 83
Disciplina: PORTUGUÊS
AULAS DA SEMANA:
è  (  )Vídeo – Socó ;
è  Caixa de Texto: Almanaque (  )Concluir CORREÇÃO: Tema de casa: Ler e resp. Pág. 36 a 39 – 1 a 13;
è  (  )Parábolas:  Conceitos e Exemplos;
è  (  )O bom Samaritano – P. 41  - 1 a 8;
è  (  )Funcionamento da Língua – Concordância Verbal – P. 45 a 49 – PPT;
è  (  ) Funcionamento da Língua – Concordância Verbal. Exercícios.
( )POWER POINT
(X)XEROX
(x)T. DE CASA
(x)VÍDEO(S)
( )MÚSICA
( )PROVA
( )TRABALHO
( X)HORA DA LEITURA
(X)ALMANAQUE
6
Períodos
Objetivo Geral
Desenvolver a competência linguística do educando - ouvir, falar, ler e escrever -  habilitando-o à utilização da língua materna com precisão e fluência, seja através da escrita ou oralmente, em situações subjetivas e/ou objetivas, sob o prisma da referência do valor social  e simbólico da atividade linguística e dos inúmeros discursos, envolvendo, ainda, a interação entre o sujeito e Deus, o sujeito com ele mesmo e o sujeito com o outro.


Para pensar: “E apliquei o meu coração a esquadrinhar, e a informar-me com sabedoria de tudo quanto sucede debaixo do céu; esta enfadonha ocupação deu Deus aos filhos dos homens, para nela os exercitar”. Eclesiastes 1:13

terça-feira, 21 de março de 2017

MARIA

A Boneca amaldiçoada
         Numa bela tarde eu estava olhando tevê e estava passando        em um noticiário sobre zumbies e muitas pessoas realmente acreditavam que eles existiam menos eu, então meus pais chegaram em casa e falaram que iriam viajar e perguntaram se eu não se importava e falei que não então fomos dormir.
         No dia seguinte.... Meus pais deram tchau e foram para carro, então eu convidei minhas amigas para elas dormirem na minha casa porque meus pais estavam viajando e eu não queria ficar sozinha em casa. Então elas chegaram e a gente olho filme de terror, comemos doces, então decidimos fazer uma brincadeira invocar os zumbis para ver se eles realmente existiam então pegamos uma boneca apagamos as luzes acendemos 7 velas e falamos com os espíritos fiquei com bastante medo e depois fomos dormir.
          No dia seguinte.... Acordamos arrumamos o quarto e fomos para o cinema e fizemos compras foi muito legal!!! Então chegou a hora de ir embora elas foram para suas casas e eu parra
 a minha e quando eu cheguei em casa a boneca não estava mais em cima da cama então ouvi uma risada hahahaha e olhei para a janela e vi um cemitério  era uma noite fria de tempestade e escuto um grito haaaaaaaa com uma voz fina e olho para o sofá e não  vejo a boneca mais tinha certeza que eu tinha deixado la.
                   Entao ,foi ai que eu percebi  que a boneca estava realmente amaldiçoada então  procurei um exorcista  para vir aqui em casa para  ver oque realmente estava acontecendo se eu estava certa ou se aquilo não passava de  uma alucinação.

Então, ele veio aqui em casa e não era verídico oque estava acontecendo era tudo alucinação mesmo...

JOAO DA SILVA

               O Guari
Era uma vez uma mulher que sempre quis matar o guari e essa Mulher  se chamava Luiza  queria o guari por causa esse lobo guari queria matar muitas pessoas e queria atirar com armas, flechas, lanças e etc. E deu um tempo e a mulher chamava Luiza também sumiu e eles pensaram que o lobo Guari tinha comido ela, mas ela estava em outra floresta, e os homens pegaram aonde a Luiza estava, e uma vez um homem foi morto pelo lobo Guari. E uma época uma rainha quase foi morta naquela floresta, e o lobo Guari foi para matar a rainha e a Luiza deu uma flechada ne conseguiu matar o Guari, e como a rainha muito agradecida tirou a mulher que morava na floresta e queria dar uma casa para ela, para ela não ficar na floresta pois era muito perigoso.

NESCAU

                          O unicórnio
Quando eu era criança, meus pais não me deixaram eu sair de casa, daí eu Fuji. E naquele dia nublado, o tempo e eu fomos para dentro do mato e tinha uns barulhos por lá, daí eu fui atrás.
Dai Eu segui os barulhos até uma pedra, mas a pedra não tinha entrada nenhuma. Dai tinha uns negocio que era só a pedra, mas eles conseguiam entrar os unicórnios.
E eles me puxaram  para dentro da caverna e eu não conseguia sair de lá. Todos eles eram felizes.
Dai eles me falaram para mim que eu não podia falar para ninguém que eu fui lá. O chefe deles me falou que que eu não podia falar para ninguém que eu fui la fai eles me fizeram dormir e me largaram em um lugar que eu não sabia onde era.

E dai eu me acordei em casa, e eu guardo segredo até hoje.

Bill_Cipher

A ilha canibal

 Eu:” Aeron Harold , um explorador e geólogo profissional ,descobri uma ilha no meio do oceano Atlântico ,eu vou explorá-la ,talvez eu encontre uma descoberta ou nada de mais.
“Vou ir là mais preciso de exploradores ,vou precisarde um médico ,um biólogo ,um soldado.
“Consegui um barco médio ,com um dormitório com três camas.
“Um médico se alistou: Torvald Omax  ,um biólogo: Leonardo Older e um soldado: Davy Jones.
“Chegamos durou 3 dias ,a ilha é comum mais vou explorá-la.
“Encontrei algo” Disse Torvald ,”o que é isso” disse Aeron , enquanto isso o Davy Jones viu alguma coisa que o assustou era um cadáver de humano , eles se assustaram  , “os osso dele estão corroídos” disse Torvald , de repente surge um lêmure e os assusta mais  logo se acalmam , logo: “temos que passa a noite aqui , estamos longe do barco” disse Aeron.
Passaram a noite numa árvore, lá pelas 3 h da manha o lêmure grita eles acordam , eles estavam cercados de água ácida e o lêmure estava morto pelo ácido e decidiram que ao amanhecer partiriam e saíram.
FIM.sxc xm m cnm cfgndfubhdhbsbgskhvbsdkj come meu c*
Resultado de imagem para machado com sangue png.Resultado de imagem para machado com sangue png.O Machado Amaldiçoado
Era uma vez um machado que era fora do normal.
Esse machado tinha um poder, o poder era de matar as pessoas , só que elas não
Resultado de imagem para mãos com sangue png.Sabiam que esse machado foi feito por uma bruxa, e ela fez esse machado realmente para matar as pessoas.
Um dia um fazendeiro encontrou esse machado em uma fazenda abandonada, esse fazendeiro tinha quatro filhos meninos e uma esposa.
Um dia o fazendeiro pediu para o filho Damer cortar algumas lenhas com o machado que ele avia encontrado.
z\
Quando ele deu a primeira machadada, o machado automaticamente atingiu o coração do menino Damer, e ele morreu e assim foi também com os outros três filhos e também a mulher.

Quando o fazendeiro foi cortar lenha o machado acendeu uma luz vermelha e ele viu que foi o machado que matou sua família, e até hoje o machado continua assassinando pessoas por aí no mundo.